Ser Feliz....

SER FELIZ É... Uma questão de saber, de determinação: - é saber domar a fera que pode habitar nosso íntimo. Uma questão de "percepção": - é perceber que as almas infelizes envelhecem mais cedo.. Uma questão de "compreensão": - é compreender que a grandeza da vida também se deve aos obstáculos vencidos... - é comprender que pode ser fácil abrir mão da realidade, mas que pode não não ser tão fácil abrir mão de um sonho. Uma questão de "aprendizado" - é aprender a se conhecer para se avaliar. Uma questão de "atitude": - é demonstrar que as ações dizem mais que as palavras. Mas, acima de tudo, ter em mente que ser feliz...é manter o coração tão pleno de amor que não fique espaço para o mal.

Sabedoria Indigena...

Diz a sabedoria indígena q qdo não cumprimos o q prometemos, o fio de nossa ação q deveria estar concluída e amarrada em algum lugar fica solto ao nosso lado. Com o passar do tempo, os fios soltos enrolam-se em nossos pés e impedem q caminhemos livremente...ficamos amarrados às nossas próprias palavras. Por isso os nativos tem o costume de "por-as-palavras-a-andar" q significa agir de acordo com o q se fala; isso conduz à integridade entre o pensar, o sentir e o agir no mundo e nos conduz ao Caminho da Beleza onde há harmonia e prosperidade naturais."

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Quando será o fim...

.....e como será??? ando cansada, triste, as vezes me sinto perdida, tenho pressa em que tudo se resolva, mas quanto mais o tempo vai passando sinto-me num buraco profundo, onde nada se resolve,  nada anda.

Não sei se sou impaciênte, uns dizem que a vida tem seu curso, tem seu tempo certo, mas eu sinto que estou ficando sem forças..

To cansada de tantas ameaças, dessa tortura psicologica, quando eu penso essa foi demais, vem outra ainda pior,,,,,,até quando meu Deus?

Sinto tanta falta dos meus amigos de infância, aqueles que me olham nos olhos e sabem exatamente o que estou sentido, sabem quem vc é na verdade, aqui  sinto-me uma estranha, sem valores, tenho que lutar todos os dias como uma guerreira, para mostrar aos outros aquilo que valho.

Sinto tanta falta da minha familia, do cheiro da minha mãe do meu pai, dos meus irmãos, fui tão habituada a carinhos amor sinto muita falta.

Hoje só tenho vontade de chorar até não ter mais lágrimas para ver se alivia esta dor que sinto.

Uns dizem a pior dor que existe é a dor do parto, outros a dor de dentes, outros dor de cabeça,,,eu posso dizer: A pior dor que há é a dor da saudade, da desilusão, da decepção.

Penso muito na minha filha, no futuro dela, do quanto ela prescisa de mim, não posso desanimar, ela não merece sofrer.     .