Ser Feliz....

SER FELIZ É... Uma questão de saber, de determinação: - é saber domar a fera que pode habitar nosso íntimo. Uma questão de "percepção": - é perceber que as almas infelizes envelhecem mais cedo.. Uma questão de "compreensão": - é compreender que a grandeza da vida também se deve aos obstáculos vencidos... - é comprender que pode ser fácil abrir mão da realidade, mas que pode não não ser tão fácil abrir mão de um sonho. Uma questão de "aprendizado" - é aprender a se conhecer para se avaliar. Uma questão de "atitude": - é demonstrar que as ações dizem mais que as palavras. Mas, acima de tudo, ter em mente que ser feliz...é manter o coração tão pleno de amor que não fique espaço para o mal.

Sabedoria Indigena...

Diz a sabedoria indígena q qdo não cumprimos o q prometemos, o fio de nossa ação q deveria estar concluída e amarrada em algum lugar fica solto ao nosso lado. Com o passar do tempo, os fios soltos enrolam-se em nossos pés e impedem q caminhemos livremente...ficamos amarrados às nossas próprias palavras. Por isso os nativos tem o costume de "por-as-palavras-a-andar" q significa agir de acordo com o q se fala; isso conduz à integridade entre o pensar, o sentir e o agir no mundo e nos conduz ao Caminho da Beleza onde há harmonia e prosperidade naturais."

sábado, 8 de maio de 2010

MINHA MÃE QUERIDA TE AMO TE AMO TE AMO........

Mãe, você foi quem me guiou os primeiros passos.

Socorreu-me diante das pequenas quedas e sempre esteve ao meu lado, mesmo quando as quedas se tornaram maiores.

Ensinou-me lições que nenhuma outra escola foi capaz de me oferecer.

Buscou me mostrar o caminho do bem e mesmo quando eu trilhei outro rumo, não me abandonou.

Quando precisei, era sua mão que enxergava a minha frente, mesmo antes que eu pedisse o seu apoio.

Mãe, você foi capaz de atravessar as trevas inúmeras vezes para que a harmonia e a paz permanecessem ao meu lado.

Acendeu a esperança dentro de mim, quando a minha frente se formava a maior tempestade.

Esteve ao meu lado nas alegrias e tristezas.

Chorou pelas minhas dores e também pelas minhas conquistas.

Fingiu não se importar com as minhas ofensas e esteve presente sempre que precisei.

Brigou diante dos meus desatinos, mas jamais recusou o seu amor.

Ensinou-me a importância da fé em todos os momentos da vida, fortalecendo-me quando me sentia desamparada

Deu-me colo quando precisei e broncas, quando insisti nos erros.

Foi minha amiga e companheira de jornada.

Esteve sempre presente em todos os momentos da minha vida, mesmo quando o físico já não se fazia visível.

Porém, mesmo que as palavras não pudessem ser ouvidas e os gestos vistos, a sua presença sempre se fazia sentir.

Porque o amor verdadeiro rompe todas as fronteiras.

E o amor de uma mãe é o sentimento mais verdadeiro e sublime que o Pai enviou a terra.

E ser mãe não é apenas gerar um filho no seu ventre, mas sim, ser um verdadeiro anjo em sua jornada evolutiva.

Então não importa se a mãe é de geração ou de criação, mas sim o amor que pulsa dentro dela.

Amor que nos envolve e nos protege.

Como também não importa se ela está ao nosso lado física ou espiritualmente, porque uma mãe será uma figura eterna dentro de nosso coração.

E entre um filho e uma mãe, na maioria das vezes, as palavras não são necessárias.

Porque o amor já diz tudo.