Ser Feliz....

SER FELIZ É... Uma questão de saber, de determinação: - é saber domar a fera que pode habitar nosso íntimo. Uma questão de "percepção": - é perceber que as almas infelizes envelhecem mais cedo.. Uma questão de "compreensão": - é compreender que a grandeza da vida também se deve aos obstáculos vencidos... - é comprender que pode ser fácil abrir mão da realidade, mas que pode não não ser tão fácil abrir mão de um sonho. Uma questão de "aprendizado" - é aprender a se conhecer para se avaliar. Uma questão de "atitude": - é demonstrar que as ações dizem mais que as palavras. Mas, acima de tudo, ter em mente que ser feliz...é manter o coração tão pleno de amor que não fique espaço para o mal.

Sabedoria Indigena...

Diz a sabedoria indígena q qdo não cumprimos o q prometemos, o fio de nossa ação q deveria estar concluída e amarrada em algum lugar fica solto ao nosso lado. Com o passar do tempo, os fios soltos enrolam-se em nossos pés e impedem q caminhemos livremente...ficamos amarrados às nossas próprias palavras. Por isso os nativos tem o costume de "por-as-palavras-a-andar" q significa agir de acordo com o q se fala; isso conduz à integridade entre o pensar, o sentir e o agir no mundo e nos conduz ao Caminho da Beleza onde há harmonia e prosperidade naturais."

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

A vida é uma tela em que pintamos nosso destino,
uma tela em branco é sempre um desafio,
o que pintar? Por onde começar?
As tintas estão à disposição:
Há os que misturam todas as cores,
a vida fica acinzentada, inexpressiva;
há os que deixam a tela em branco
porque não descobriram as tintas,
a vida passa em branco como a tela;
há os que só enxergam uma cor,
a vida passa monótona, entediada;
há os que pintam com cores frias,
recolhem-se, mantendo-se à distância;
há os que pintam com cores quentes,
exageram, invadem outras vidas;
há os que harmonizam as cores,
a vida se transforma em obra prima,
colorida, exuberante, em harmonia.
Ninguém tem todas as cores de que necessita,
feliz de quem tem sensibilidade
para encontrar suas cores complementares.